• José Anchieta Dantas

Reflexões VII A Criação


1) Hoje ainda desejamos saber porque estamos aqui e de onde viemos ( Uma Breve História do Tempo, Stephen Hawking, capítulo 1- Nossa Imagem do Universo, edição digital ).


2) São várias as teorias científicas sobre o “ de onde viemos”, mas nenhuma acerca do “ porque estamos aqui” e do “ para onde vamos “.


3) sobre o assunto, nos parágrafos 4 a 13 apresento as hipóteses científicas e nos 14 em diante, os preceitos bíblicos . Minha crença nestes é incondicional. As suposições da ciência são inconsistentes ou incompletas. Nossa capacidade de entendimento está muito, muito aquém dessa realidade, obra incontestável de um Criador: Deus. Cuja existência São Tomás de Aquino prova ( Ver Reflexões I, parágrafo Porque Acreditar em Deus).


4 ) Por volta de 300 mil anos após seu surgimento, a matéria e a energia iniciaram o processo de se juntarem em estruturas complexas chamadas átomos que então se uniram em moléculas ( Uma Breve História da Humanidade, Sapiens, parte 1.1, A evolução cognitiva- um animal insignificante, Yuval Nova Harari, Janaína Marcoantonio, edição digital).


5) As moléculas se uniram para formar estruturas maiores e ainda mais aglomeradas : os organismos ( idem )


- a ciência parte da ideia de duas pré existências : a matéria e a energia. Não explica a origem destas. Portanto, é uma teoria incompleta


6 ) Wallace ( Alfredo Russel, naturalista, geógrafo e biólogo britânico ) seguiu a hipótese da transmutação. Esperava que em Sumatra ou Bordéus estaria a comprovação de que a humanidade descende dos grandes macacos da região ( A Origem das Espécies de Darwin Janete Brownie, edição digital ). Darwin também adotou esse pensamento no início de 1837, após voltar para a Inglaterra ( idem )


- é apenas uma sugestão, ideia, pensamento. Wallace não explica como ocorreu essa transmutação e nem Darwin que a adotou posteriormente, o que a torna incompleta. Parece até um absurdo nossos avós serem macacos.


7 ) Entre os anos 1798 e 1809 Baptiste Lammarck e Erasmus Darwin ( avô de Darwin ) haviam proposto, separadamente, que animais e plantas não eram monitorados por um criador divino, mas resultado da ação espontânea de materiais inorgânicos ( idem )


-- materiais inorgânicos transformando -se em orgânicos ? Será que corpos desprovidos de vida podem se transformar em seres com vida?. Esses cientistas não explicaram como ocorreram essas mudanças . Logo, é inconsistente a hipótese da ausência de monitoramento de um Criador divino: Deus.


8 ) Há apenas 6 milhões de anos uma mesma fêmea primata teve duas filhas. Uma delas se tornou a ancestral de todos os chipanzés; a outra nossa avó ( Uma Breve História da Humanidade. Parte 1.1- A Evolução Cognitiva, Um animal insignificante. Iuval Noah Harari, Janaína e Janaína Marco Antonio ). Por que essa distinção de descendentes de animais da mesma espécie?


- Essa discriminação requer explicação lógica. Como não foi dada, não tem consistência.


9) A vida parece ter-se originado nos oceanos que cobriram a terra há 4 bilhões de anos. Como isso aconteceu não sabemos ( Stephen Hawking, Breves Respostas para Grandes Perguntas. Capítulo Sobreviveremos na Terra ? Edição digital).


- Os cientistas dizem: “não sabemos".

.

10) A Revolução Cognitiva aconteceu há 70 mil ou 30 mil anos quando novas formas de pensar e se comunicar surgiram. O que provocou essa mudança não se sabe ( Uma Breve História da Humanidade, capítulo 2, A Árvore do Conhecimento, Iuval Noah Harari, Janaína Marcoantomio).


- Novamente a ciência com o “ não se sabe".


11) A teoria mais aceita afirma que mutações genéticas acidentais alteraram as ligações interiores do cérebro dos sapiens levando-os a agir de forma sem precedente, comunicando-se mediante uma linguagem totalmente nova. Poderia chamar-se de mutações da árvore do conhecimento ( Uma Breve História da Humanidade , capitulo 2 A Árvore do Conhecimento, Iuval Noah Harari, Janaína Marcoantomio, edição digital “Mutações da árvore do conhecimento").


- A ciência informa que é uma teoria mais aceita. Logo é apenas uma suposição não unânime.


12) Por que essa alteração ocorreu no DNA dos sapiens e não nos neandertais? Até onde se pode verificar foi puro acaso ( idem ). Puro acaso não é explicação.


- Acaso! Que inconsistência!


13) Todas essas teorias partiram de algo pré-existente.


- Ora, sem a explicação da origem desse anterior não tem sentido o sugerido no parágrafo 7. Alguém criou esse pré-existente. Um ser humano não foi, pois os cientistas sequer sabem explicar alguns acontecimentos. Logo foi um ser muito, mas muito acima de nós : Deus.


14) O que nos ensina a Bíblia Sagrada sobre a criação ?


15) No Gênesis, livro do Antigo Testamento, As Origens, 1, As Origens do mundo consta :“ No princípio Deus criou o céu e a terra. A terra estava deserta e vazia, as trevas cobriam o Oceano e um vento impetuoso soprava sobre as águas”.


16) Atenção para o final da citação bíblica acima : “ A terra estava deserta e vazia, as trevas cobriam o Oceano...”


17) No parágrafo 9 consta a teoria de que a vida tenha se originado nos oceanos que cobriam a terra.


18 ) Embora o Genesis não ensine que a vida tenha se originado das águas e sim do pó da terra ( Genesis 2,7 ), é interessante a menção bíblica à existência de oceanos cobrindo a terra.


19) Será que o barro que Deus usou para criar o homem foi retirado do oceano? Nós temos sódio no organismo. O oleiro para moldar suas peças usa barro úmido.


- apesar de Deus não ter mencionado a criação dos oceanos, acredito que estes foram o primeiro processo da criação, para a partir daí se iniciar a sucessão de criaturas mencionadas na Bíblia;


- o humano adulto, macho, tem 60% de seu peso composto de água e a fêmea 55%;


- Eva não foi criada a partir do barro e sim da costela de Adão ( Gêneses 2,18 a 25, A origem da humanidade), portanto é lógico que tenha menos água.


- Adão e Eva não nasceram, já foram criados adultos por Deus.


20) Em seguida o Santo Livro descreve toda a criação em 6 dias, culminando com a criação do ser humano à imagem e semelhança de Deus.


21) No sétimo dia, Deus considerou acabada toda a obra que havia feito e descansou ( Genesis I, 2 ).


22) Após criar o ser humano ( Ge22nesis 2,15 a 19 A origem da humanidade ), o Senhor Deus tomou o ser humano e o colocou no Jardim do Éden, advertindo-o de que não deveria comer da árvore do bem e do mal, sob pena de ser condenado à morte.


23) Em seguida a Bíblia nos ensina como Deus criou a mulher ( Genesis 2,18 a 25 – A Origem da humanidade ).


24) Graças a Deus tenho como avó Eva e não uma chimpanzé como sugerido no parágrafo 8.


25) Em Genesis – 3 O pecado, a Bíblia nos diz que a mulher comeu do fruto da árvore do bem e do mal e o deu ao homem. Ambos passaram a ser conhecedores do bem e do mal, isto é, adquiriram discernimento, inteligência.


26) Deus então os expulsou do Paraíso.


27) No parágrafo 1, Stephen Hawking afirma que ainda hoje não sabemos porque estamos aqui e de onde viemos:


- no parágrafo 26 acima temos a resposta divina do porque estamos aqui : o pecado praticado por Adão e Eva, levando-os a serem expulsos do Paraíso por Deus.


28) A explicação do porque das mutações genéticas que os cientistas não sabem explicar, atribuindo-as ao puro caso: Adão e Eva conhecedores do bem e do mal, ou seja, com discernimento, inteligência, introduziram na terra essas faculdades.


29) No Evangelho de São Mateus 5- As bem-Aventuranças 5,3 e 5 temos a explicação bíblica para onde iremos : “ Felizes os que têm espírito de pobre, porque deles é o reino dos céus; Felizes os mansos porque possuirão a terra".


30) Não tem sentido deixarmos de existir com o fim do Universo. Deus não criou o mundo para nada. O que se extingue com o termo do Universo é a matéria:


- ressurgiremos com a ressurreição em cada lugar designado por Deus como prometido no Evangelho de São Mateus, parágrafo 29.


31) Quanto a Deus ter feito toda sua obra em seis dias e descansado no sétimo, contrastando com os milhões de anos desde “Faça-se a luz” até a terra tornar-se habitável para nossas condições biológicas, não contradiz o tempo de criação em seis dias, pois Deus não faz contagem de tempo, Ele faz realização de seus desejos, a realização dos seus planos no momento certo.


32) A contagem de sete dias no Genesis foi uma forma de Deus explicar para a geração da época de Moisés as etapas da criação. Seria muito difícil aquele povo entender os milhões de anos para que a Terra, paulatinamente, tivesse as condições biológicas para ser habitada.


33) A geração atual já tem a capacidade de entendimento para saber que os sete dias são apenas fases e não tempo de 24 horas.


34) Agora nos resta a opção de acreditarmos nas teorias científicas da criação aqui descritas, inconsistentes e incompletas como já explicado, ou nas verdades bíblicas.


35) Minha crença nos ensinamentos bíblicos é incondicional, pois a capacidade de entendimento de todos nós é limitada tanto quanto nossos sentidos, assim não temos o alcance dos desígnios de Deue muito, mas muito mesmo acima de nós simples criaturas Dele.












7 visualizações
Faça parte da nossa lista de emails

© 2019 Todos os direitos reservador. 

  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon